SETEMBRO DECISIVO NA SÍRIA: QUEM É A AMEAÇA A PAZ MUNDIAL?

Luã Reis – DIA 2 – Rússia e EUA anunciam um “acordo sobre os principais problemas na Síria”, nas palavras do chanceler Lavrov

DIA 4 – Turquia abre um novo front contra o Daesh, com apoio dos EUA. Desconfiança de parte da Rússia, Assad e aliados

DIA 6 – Aviões americanos sobrevoam as bases russas no país. Por que?

DIA 7 – Rússia condena a invasão da Turquia ao norte da Síria. Combatentes curdos mortos na fronteira turco/siria

DIA 9 – Lavrov e Kerry se reúnem com o objetivo de estabelecer um cessar-fogo

DIA 10 – Aviões israelenses atacam tropas sírias nas Colinas de Golam, alegando ter sido atacados por um míssil

DIA 12 – Começa o cessar-fogo. Grande esperança em mais de cinco anos de conflito

DIA 13 – Israel novamente ataca Golam. O exército sírio garante ter derrubado um caça e um drone israelense. É o quarto incidente em nove dias. O cessar-fogo é quebrado 23 vezes pela oposição síria

DIA 14 – EUA admitem, pela primeira vez, que os seus bombardeios podem “ocasionar vítimas civis”. O cessar-fogo é quebrado 60 vezes. Rússia afirma que há uma inédita união dos grupos terroristas

DIA 17 – Aviões americanos, dinamarqueses australianos e britânicos atacam o exército sírio durante uma batalha contra o DAESH em Deir Ezzor. São as forças aérea não-oficial do terror. 62 militares sírios perdem a vida. 

DIA 18 – O ataque dos EUA favorece uma ofensiva dos decapitadores do DAESH. Rússia em fúria: a trégua serviu apenas para uma reorganização dos grupos terroristas

DIA 19 – O exército sírio decreta o fim do cessar-fogo. O exército turco resgata 30 soldados das forças especiais americanas não convencionais (mercenárias) na Síria.

DIA 20 – Explode a batalha por Alepo: ofensiva do DAESH e frente Al-Nusra. Um comboio de ajuda humanitária da ONU é atacado, Síira e EUA trocam acusações sobre a responsabilidade. 23 civis morrem. 

DIA 21 – Imagens mostram um drone americano sobrevoando a região do comboio da ONU. EUA negam responsabilidade do ataque. Começa a Assembleia geral da ONU com Kerry acusando os russos

DIA 22 – Rússia garante ter provas do ataque americano ao comboio da ONU. Um porta-avião russo é enviado para o mediterrâneo. 

DIA 23 – O exército sírio inicia uma grande ofensiva para retomada de Alepo. 

Essa recapitulação foca apenas nos eventos na Síria, ou que envolvem a guerra civil diretamente. Alguns fatos relacionados, que merecem análises a parte, devem ser destacados: dia 8 EUA anunciam venda de aramas para os sauditas; a Rússia esboça iniciar um acordo de paz entre Israel-Palestina no dia 15; as eleições russas legislativas consagraram Putin no dia 18, entre outros fatos relevantes

Recordou-se os 15 anos dos atendados do dia 11 de setembro de 2001. Nunca o terrorismo foi tão forte e matou tanto. A quem isso serve?

E ainda tem mais uma semana nesse mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *