100 mil mortos por Covid: 9 Cidades Brasileiras com 100 mil habitantes para se ter ideia do tamanho do genocídio

Ao chegar na marca de 100 mil mortes por complicações decorrentes do coronavírus, o Brasil entra em um estado pandêmico tenebroso, com mais de 1.000 mortes diárias por Covid-19 e nenhuma política pública de âmbito nacional. Até associações médicas e instituições de saúde, sempre cautelosas, já vêm tratando a omissão do governo Bolsonaro como um caso de genocídio.

Mas o que são 100 mil brasileiros mortos? Selecionamos 9 cidades brasileiras para dimensionarmos o quão grande e lamentável é a perda de tantas vidas. Aos familiares e amigos que hoje lamentam pela ida de seus entes queridos, nossa solidariedade.

Lavras-MG

Lavras-MG
Lavras-MG

Com pouco mais de 100 mil habitantes, Lavras é uma das mais importantes cidades do sul de Minas. Imagina toda Lavras desaparecer em 5 meses? Essa é a dimensão da gravidade do pandemia no país. De fato, Lavras é uma das cidades com maior taxa de mortalidade do país. Em julho, a taxa de mortalidade era de 12%.

Itaperuna-RJ

Itaperuna-RJ
Itaperuna-RJ

Com uma população estimada de 103.224 habitantes, Itaperuna no Rio de Janeiro é um município do noroeste do Estado que, embora não tenha muitos óbitos, vem registrando um crescimento vertiginoso do casos após reabrir o comércio e relaxar no isolamento social. Somando o total de óbitos no Brasil, é como se uma Itaperuna inteira viesse a falecer nos últimos meses. Não podemos naturalizar isso.

Patos-PB

Patos-PB
Patos-PB

Patos na Paraíba é uma bela cidade do sertão nordestino. Localizada no interior do país, Patos é retrato do problema que o coronavírus representa para as cidades mais distantes da capital dos Estados. Já em maio, Patos atingiu a lotação máxima de leitos de UTI. A estimativa do IBGE é que Patos tenha aproximadamente 105 mil habitantes.

Erechim-RS

Erechim-RS
Erechim-RS

Com uma das melhores políticas de enfrentamento ao coronavírus, Erechim no Rio Grande do Sul é hoje uma das cidades menos afetada pelo vírus. Com boa infraestrutura em saúde pública graças ao SUS, Erechim implementou política de isolamento social e de controle das infecções desde o início da pandemia, mostrando bons resultados e protegendo sua população, mesmo sem ajuda do governo federal. 

Tubarão-SC

Tubarão-SC
Tubarão-SC

Com cerca de 101 mil habitantes, o total de brasileiros mortos por Covid-19 dá uma Tubarão. Isso não é razoável. Tubarão é uma das cidades do Estado de Santa Catarina que obteve sucesso inicial com as medidas de isolamento social, mas, após relaxar nas medidas de enfrentamento ao vírus, agora a prefeitura se vê na necessidade de novas medidas restritivas ao passo que regiões do município vêm registrando níveis alarmantes de contágio

Mairiporã-SP

Maririporã-SP
Mairiporã-SP

Com 100 mil habitantes, Mairiporã em São Paulo avança no plano de reabertura estipulado pelo governo Doria. Uma cidade economicamente dinâmica da região metropolitana de São Paulo, Mairiporã figura entre as 100 cidades com melhores índices de desenvolvimento humano (IDH) do país. Os mortos totais por Covid no Brasil, segundo os registros oficiais, dá uma Mairiporã inteira. Isso não é razoável.

Lagarto-SE

Lagarto-SE
Lagarto-SE

Com pouco mais de 100 mil habitantes, Lagarto em Sergipe não é um dos municípios mais afetados do país. Com menos de 2 mil casos registrados, o município vem fazendo um controle dos casos em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), instituição pública do Estado de Sergipe que vem testando as suspeitas de Covid em todo Sergipe.

Bacabal-MA

Bacabal-MA
Bacabal-MA

Com quase 105 mil habitantes, Bacabal é uma cidade do interior do Maranhão a 240 km de distância da capital. Para enfrentar o coronavírus, o governo estadual tem repassado recursos aos municípios. Em Bacabal foi construído um hospital de campanha e novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) foram entregues.

Aracruz-ES

Aracruz-ES
Aracruz-ES

Com população aproximadamente de 101 mil habitantes, Aracruz no Espírito Santo é considerado um dos municípios com atuação mais transparente no combate ao coronavírus. Na última semana de julho, a prefeitura anunciou que o município já se encontrava sem mortes por Covid, graças às medidas de isolamento e infra-estrutura de saúde pública.

Com o descaso do governo federal no combate ao vírus, o Brasil soma uma Aracruz perdida para a Covid. Até quando isso será tolerado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *