Cuba: “uma infâmia” a visita de Pompeo à América Latina

Via Telesur

O secretário de Estado dos EUA visitou três países que fazem fronteira com a Venezuela na semana passada.

O presidente cubano, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, qualificou nesta segunda-feira de infâmia a visita de países latino-americanos com fronteira com a Venezuela do Secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo.

Em sua conta no Twitter, o presidente disse que se trata de “uma viagem com o objetivo de unir mentiras e mentirosos, falsidades, calúnias e lacaios imperiais que buscam criar caos, instabilidade e até clima para uma intervenção militar estrangeira contra Venezuela”.

Por outro lado, o chanceler cubano, Bruno Rodríguez, destacou que “a viagem maliciosa do secretário Pompeo pela América do Sul se concentrou no petróleo e na agressão contra a Venezuela”.

O chefe da diplomacia em Cuba assinalou que nos Estados Unidos morrem 200.000 pessoas de Covid-19 devido à manipulação eleitoral desse governo, “mas está focado em promover a Doutrina Monroe e atacar a cooperação médica cubana”.

Os protestos e reivindicações contra a visita de Pompeo atingiram níveis internacionais. Durante sua visita ao Brasil, ex-chanceleres de todos os governos pós-ditadura daquele país assinaram nota na qual repudiavam a visita de Pompeo por ser um “espúrio uso de terras nacionais por um país estrangeiro como plataforma de provocação e hostilidade em um país. nação vizinha “

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *