Uma atualização sobre os problemas recentes da extrema-direita na Alemanha

Via Redfish

– Um ministro regional do partido governista CDU foi forçado a abandonar o cargo depois que a mídia descobriu que ele havia comprado uma arma de pessoas com supostos vínculos com o grupo extremista de extrema-direita conhecido como Nordkreuz.

– Há uma investigação sobre 26 soldados acusados de operar um grupo de conversação onde os usuários compartilharam conteúdo anti-semita e extremista de extrema-direita.

– Existem processos disciplinares contra 17 policiais em Baden-Wuerttemberg depois de terem sido encontrados circulando imagens de extremistas de extrema-direita através de um grupo de bate-papo em um telefone celular que foi apreendido.

– Um inquérito parlamentar revelou que 20 policiais de Berlim estão sob investigação por incidentes de extrema-direita desde agosto de 2019.

– Um promotor público berlinense participou de um protesto ao lado de neonazistas contra as medidas do coronavírus em 29 de agosto, durante o qual extremistas de extrema-direita tentaram invadir o edifício do Reichstag.

(07/11) – Dezenas de milhares protestaram ao lado de neonazistas e teóricos da conspiração em Leipzig contra as medidas do coronavírus. As autoridades ficaram sob fogo por uma resposta inadequada à manifestação insegura.

– Um homem vestido com um uniforme SS com uma suástica e carregando um machado ameaçou dois homens em Zeitz e danificou um carro.

(14/11) – Mais de 15.000 crimes foram cometidos por neonazistas e outros extremistas de extrema-direita, incluindo ataques físicos e outros crimes violentos durante os três primeiros trimestres de 2020, indicando um aumento da violência de direita.

– Foi iniciada uma investigação sobre como os manifestantes de direita que assediaram os legisladores antes de uma votação crucial sobre as medidas de bloqueio do coronavírus foram autorizados a entrar no parlamento alemão pelos deputados do partido de extrema-direita AfD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *